Letra da Música: Lisbela e o Prisioneiro - Caetano Veloso

Esse letra de Caetano Veloso já foi acessado por 1224 pessoas.

1.00 / 5 - 1
Comente

A música Lisbela e o Prisioneiro fez muito sucesso quando foi gravada por Caetano Veloso. Que tal aprender a tocar outras músicas? Veja cifras de Caetano Veloso e toque as músicas que mais gosta no violão ou guitarra.

Veja também o vídeo da música tocada.


Não vejo mais você
Faz tanto tempo
Que vontade que eu sinto
De olhar em seus olhos
Ganhar seus abraços
É verdade eu não minto...

E nesse desespero
Em que me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar
Diversas vezes por você
Só prá ver se te encontro...

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde
Nunca mais perdê-la...

Agora
Que faço eu da vida sem você
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo
Eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando
Em outros braços seus abraços
Perdido no vazio
De outros passos
Do abismo em que você
Se retirou e me atirou
E me deixou aqui sozinho...

Agora
Que faço eu da vida sem você
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo
Eu vou tentando me encontrar...

E nesse desespero em que me vejo
Já cheguei a tal ponto
De me trocar diversas vezes por você
Só prá ver se te encontro...

Você bem que podia perdoar
E só mais uma vez me aceitar
Prometo agora vou fazer por onde
Nunca mais perdê-la...

Agora
Que faço eu da vida sem você
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo
Eu vou tentando te encontrar
Vou me perdendo
Buscando
Em outros braços seus abraços
Perdido no vazio
De outros passos
Do abismo em que você
Se retirou e me atirou
E me deixou aqui sozinho...(2x)

Agora
Que faço eu da vida sem você
Você não me ensinou a te esquecer
Você só me ensinou a te querer
E te querendo
Eu vou tentando me encontrar...


Quer fazer uma correção nesta letra?








    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!