Letra da Música: Protesto - Ataulfo Alves

Esse letra de Ataulfo Alves já foi acessado por 275 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Protesto

A mágoa que eu tenho
É ver a crueldade
De quem por vaidade
Vem machucando o samba
Herança de Sinhô
Herança de NOel
Eu lavro o meu protesto
É esse o meu papel


Fala Estácio de Sá
Salgueiro e Mangueira
Piedade e Madureira
Minha mágoa seu porque ...
Meus companheiros do samba
Do tempo faloso
Meu amigo Ary Barroso
Que saudade de você.


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!