Letra da Música: Mil corações - Ataulfo Alves

Esse letra de Ataulfo Alves já foi acessado por 223 pessoas.

Comente

Mil corações

Á procura de mim mesmo
Sem tristeza e sem prazer
Eu vinha rolando a esmo
Pela vida sem viver ...
Mas por obra do acaso
Um dia ao telefonar
Tu te enganaste ao discar
E eu vim a te conhecer

Um grande amor floresceu
No meu coração, mas o teu
É pedra onde o amor fenece ...
O amor é como as roseiras
No duro chão das pedreiras
Nenhuma roseira cresce...

Mas não maldidgo a amargura do destino
Eu não maldigo aquele engano pequenino
Que me ofertou ó meu amor, tão grande dor
Eu só lamento a desventura de não ter
Mil corações prá sofrer
Por amor do teu amor...

Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!