Letra da Música: Pathetic, Ordinary (Tradução) - Alesana

Esse letra de Alesana já foi acessado por 309 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Ela me assombra nos meus sonhos
Eu vejo sua silhueta dançar ao longo de horizontes de ouro.
luz e outono nos meus sonhos
seus olhos suaves vêem através da minha alma torturada
desaparece qualquer esperança por fantasia
a coisa que eu dei pra me mostrar pra ela, para fazer ela ver

fracos olhos acordados, como suas palavras egoístas chovem tão calmas dos seus lábios
Imóvel eu beijo sua carne de seda

O ar frígido me deixa ofegante
Ridícula agonia preenchendo meus pulmões enquanto eu tento gritar por ela
Eu confesso. Eu espanto a mim mesmo.
Através do grito do vento, nos meus joelhos, eu choro.
Me escute

Eu estou quebrado pelo silêncio dela em direção a um amor cego.
Sangue molhado e plumas chovendo
meu anjo vencedor assim quebrado cai graciosamente do céu
Para os braços esperados. Para os braços esperados.

O ar frígido me deixa ofegante
Ridícula agonia preenchendo meus pulmões enquanto eu tento gritar por ela
Eu confesso. Eu espanto a mim mesmo.
Através do grito do vento, nos meus joelhos, eu choro.
Me escute

Agonia tão ridícula preenchendo meus pulmões enquanto eu tento gritar por ela
olhos esvaíados acordadam para os sons da minha voz gritando por ela
Nos sonhos tenho visto sua silhueta dançando através de luzes douradas e outono nos meus sonhos


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!