Letra da Música: Blind Pain (Tradução) - After Forever

Esse letra de After Forever já foi acessado por 332 pessoas.

Comente

Veja também o vídeo da música tocada.


Dor Cega

Tudo continua piorando
O terror em casa, o temor na escola
Eu não precisaria contar com muita ajuda
Eu ainda estou impedida, agora é comigo
Como enfrentar a provocação e a dor
Ódio, uma coisa que temos em comum
Jogue seu jogo

Bata-me, machuque-me
Uma libertação física da dor mental
Não me faça explodir em seu caminho

Isto é uma corrente de tortura
Uma linha de dor
Não outro modo de mostrar como você sente
Esta é a rebeldia nela, o tormento vindo dele
A ausência de ajuda, o cuidado da mãe

Raiva, ela queima por toda a nossa volta
Dor cega
Então o abuso é apenas fraqueza
Isso parece mais como um choro de angústia
Um ato de incapacidade
Sinta a ameaça
Sinta a oprimida ambiência
De não ter um lugar para ir
Ninguém que cuidará de minha salvação

Isto é uma corrente de tortura
Uma linha de dor
Não outro modo de mostrar como você sente
Esta é a rebeldia nela, o tormento vindo dele
A ausência de ajuda, o cuidado da mãe

Aí vem o episódio final de terror e dor
Abuso e esperança
Aí vem a luta entre todos nós
Uma luta entre um amor há muito arruinado
Sou culpado, mas é a própria dor cega deles

Mãe: Agora olha pra onde você e sua ambição egoísta nos levaram! Nunca esteve pior! Você só pensa em trabalhar, trabalhar, trabalhar, volta sem falar nem comigo nem com aquela sua filha ignorante! Você só pensa em você mesmo!
Pai: Eu só penso em mim! Sou 'eu' de novo, sua vadia egocêntica! Você reclama o tempo todo, mas quando aquela menina enlouquece, quem toma conta dela, hein?! Além disso, ela não é minha! Não era ela nossa? A "salvadora" do amor que nunca tivemos?! Uma maldita...
Mãe: Sim! Não há mais "nós", querido. Desde que ela nasceu e a deixei pra que você cuidasse dela, eu penso em tudo que sempre sonhei por causa de "nossas" decisões! Nós dois tínhamos que ter nos coprometido, mas a única que se comprometeu fui eu!
Pai: Oh, aí vai você de novo! Você se sente terrivelmente mal consigo mesma! Por que você não olha o meu lado da história pelo menos uma vez?!
Mãe: Ah, claro... O SEU lado... Então me desculpe por estar no seu maldito caminho! Uma criança que nunca quisemos, vivendo numa casa muito menor do que você sonhou, e a todo instante eu estou ficando mais velha e mais feia, certo? Você certamente deve estar querendo alguém mais nova e mais "fresca", isso se você já não...
Pai: Chega! Não OUSE me acusar de estar sendo infiel! Você arruina minha lealdade! Não sei como pude me apaixonar por uma...
Mãe: Nem eu, seu bastardo. Nem eu! Leal? Você nem me parece familiar com essa palavra!
Pai: Ah, sim! Há muito que você não sabe, muito que você nunca vai entender! Nós perdemos contato, querida.
Mãe: Mesmo?! Bem, isso não parece te importar! Por que você não vai? Vai, vai! Some pra sua pequena ilha mas não se esqueça de se afogar no seu caminho pra uma vida melhor!
Pai: Talvez eu vá! Talvez eu vá! Prefiro me afogar a ser prisioneiro de uma vadia miserável e uma filha louca! Ainda não acredito que estamos conversando sobre uma coisa tão estúpida!
Mãe: Tá bem. Então vai. Vai! Afoga! Espero que morra de maneira bem lenta e dolorosa!
Pai: Cala sua maldita boca!
Mãe: Idiota... Idiota!!


Quer fazer uma correção nesta letra?







    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!