Topo

Sexo mata? Veja casos de mortes bizarras envolvendo a intimidade sexual

Comente

Frases e matérias sobre sexo, a falta que ele faz e o que o excesso pode ocasionar, já foram vistas e ouvidas por muita gente ao redor do mundo, certo? Mas e caso de gente que já morreu durante a prática do sexo, você já ficou sabendo de algum?

Pois bem, agora da próxima vez que alguém lhe fizer essa pergunta você terá exemplos de sobra pra responder. A seguir apresentamos uma lista com os mais inusitados casos de pessoas que realmente morreram durante o sexo. Veja!

Mortes bizarras que aconteceram no momento do sexo

Sexo selvagem

Mortes bizarras no sexo - Sexo selvagem

O primeiro caso aconteceu com uma jovem apontada como Saharai Mawera. Ela resolveu fazer sexo ao ar livre com o seu namorado, no entanto, não foi muito feliz na escolha do lugar.

Os pombinhos decidiram praticar o ato em plena selva africana, pelo que, em pleno coito foram surpreendidos por um leão, que chegou e devorou a moça. Até hoje ninguém sabe o que aconteceu com o parceiro da mesma.

Ataque cardíaco

Mortes bizarras no sexo - Ataque cardíaco

Outro caso curioso foi o do americano Robert Giles, que acabou morrendo no quarto de um hotel nas Filipinas em 2001. Na ocasião ele tirava fotos do ensaio sensual de uma modelo e ficou tão excitado que teve um ataque do coração.

Casal em choque

Mortes bizarras no sexo - Casal em choque

Segundo informações, um casal americano formado por Toby e Kristen Taylor gostava de apimentar a relação tomando pequenos choques como parte da brincadeira do sexo. A prática do casal, no entanto, chegou ao fim em 2008, quando Toby errou o nível da voltagem e eletrocutou a mulher com o fio do secador.

Leia também:

Lua-de-mel

Outros que não se deram bem durante o sexo foram os japoneses Sachi e Tomio Hidaka, que se mantiveram puros até o casamento aos 34 anos de idade. Apesar disso, a emoção do ato foi tamanha na lua-de-mel que ambos acabaram morrendo do coração durante a prática sexual, é mole?

Cinto de castidade

Mortes bizarras no sexo - Cinto de castidade

A peruana Rosa Vela, que era casada com um homem extremamente ciumento, foi outra vítima de morte relacionada a sexo. O ciúme do marido era tanto que quando a mulher tinha que sair de casa com um cinto de castidade.

Com medo de perder seu amor para outro o homem acabou a perdendo para morte por pura ignorância. Aos 22 anos de idade a jovem faleceu vítima de uma infecção generalizada, que foi ocasionada pelo uso do cinto de castidade enferrujado a mando do marido.

Felicidade em dobro

No ano de 2002, o filipino Haginis Jungão, decidiu ir para o motel com sua esposa e a amante. No fim das contas, porém, o que poderia ter sido uma noite de festa para os três resultou em uma bizarra tragédia, quando as duas moças saíram gritando pelos corredores dizendo que o homem havia morrido.

O que aconteceu foi que o filipino não resistiu a emoção de ter duas mulheres ao mesmo tempo e acabou tendo um ataque fulminante e morreu.

Treinador de animais

Mortes bizarras no sexo - Treinador de animais

Hannibal Cantori era um treinador de animais que em 1993 acabou matando a mulher e cometendo suicídio em seguida. Até ai tudo bem, parecia apenas um caso comum (se é que se pode dizer assim) de assassinato.

O problema, porém, é que o motivo da tragédia teria sido o fato dele ter pego a esposa com outro, sendo o outro no caso um cavalo.

Competição de pênis

Mortes bizarras no sexo - Competição de pênis

Após uma noite de bebedeira, um grupo de amigos machões das filipinas, decidiu fazer uma competição para ver quem possuía o membro maior. Durante o embate, um homem que teria sido identificado como Eduardo Cristomar, não conteve o riso e gargalhou ao ver o tamanho do membro do amigo Arnel Orbeta.

O rapaz ridicularizado ficou tão revoltado com a atitude do amigo que tirou um pistola do bolso e matou Eduardo a tiros.

Sadomasoquismo

Mortes bizarras no sexo - Sadomasoquismo

Simon Burley, de 38 anos, amava a pratica de sadomasoquismo. Ele teria pedido para que sua esposa Elizabeth Hallam fingisse ser uma carrasca e o enforcasse.

O homem então se amarrou em uma corda e deu uma faca para esposa cortar a mesma no caso de a brincadeira passar dos limites (qual seriam esses limites?). O grande problema é que a faca estava cega e Elizabeth não conseguiu cortar a tempo a corda, pelo que, o marido morreu enforcado.

Jogos mortais

Mortes bizarras no sexo - Jogos mortais

Frank Burton, de 85 anos era viúvo e morava em Hampshire, na Inglaterra. Após sua esposa falecer ele passou a falar pouco com os vizinhos, mas nunca se queixou da solidão. Em uma noite em 2002, Frank decidiu que tentaria o jogo erótico de auto sufocamento, a prática consiste em trancar a respiração no momento do orgasmo.

Para tal pratica Frank colocou uma toca de banho na boca, mas infelizmente a touca era maior do que ele imaginava, pelo que acabou morrendo asfixiado, vindo a ser encontrado meses mais tarde.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: