Topo

Isso é bizarro! Veja os mais inusitados métodos contraceptivos da história

Comente

Se você acha chato parar na melhor parte da pegação para colocar (ou ver seu parceiro colocando) o preservativo para o sexo, ou mesmo tomar a pílula anticoncepcional diária, talvez queira rever seus conceitos quanto a isso depois de ler este artigo.

Os métodos contraceptivos existentes na atualidade, embora não sejam totalmente livres de incômodos, representam grandes avanços na história dos métodos considerados como ‘ideias’ em outros tempos.

Para se ter uma ideia, na maioria das vezes as formas contraceptivas consideradas como válidas outrora podem até soar como mitos bizarros ao serem divulgadas nos dias de hoje. E para comprovar isso, apresentamos a seguir alguns dos mais inusitados casos. Veja!

Isso é bizarro! Veja os mais inusitados métodos contraceptivos da história

Estrume de crocodilo

metodo-contraceptivo-1

Para evitar uma gravidez indesejada, os antigos egípcios criaram uma pasta à base de estrume de crocodilo e mel, que era derretida e introduzida na vagina.

De acordo com a revista Time, essa pasta com estrume de crocodilo realmente ajudava a evitar uma gravidez indesejada, pois criava um ambiente alcalino na parte reprodutiva feminina, o que tornava o ambiente impróprio para sobrevivência dos espermatozoides. Apesar disso, vamos convir que a ideia era bizarra, ok?

Agachamento e espirro

metodo-contraceptivo-2

No ano 1 d.C, o médico grego, Sorano de Éfeso, teria dito que, se após a relação sexual as mulheres agachassem e espirassem, elas poderia evitar uma gravidez indesejada. Se esse método realmente funcionasse seria o fim dos laboratórios que fabricam as pílulas, não é verdade?

Leia também:

Mercúrio aquecido

metodo-contraceptivo-3

Na China Antiga, as mulheres eram orientadas a ingerir mercúrio quente para evitar uma gravidez indesejada (o método também era usado para provocar um aborto). O fato, porém, é que o mercúrio pode causar tumores, tremores, perturbação mental, paralisia e até a morte.

Preservativos de couro

metodo-contraceptivo-4

Mesmo que hoje pareça algo assustador, os preservativos de couro fino foram usados por japoneses por volta de 1800 para evitar a gravidez indesejada. Os japoneses também usavam carapaça de tartaruga e chifres de animais, sendo o couro a melhor opção à época.

E se você está se perguntando se esse inusitado aparato funcionava, a resposta é sim, afinal, tal qual a camisinha de látex que conhecemos hoje, o preservativo em couro impedia que o esperma entrasse em contato com o útero.

Bloqueador de vagina

metodo-contraceptivo-5

O bloqueador funcionava da mesma forma que o ‘sponge today’ de hoje em dia, ou seja, era uma barreira inserida na vagina para bloquear a entrada do espermatozoide no útero. O fato, porém, é que, diferente do método atual supracitado, o contraceptivo era feito de madeira, e felizmente não se popularizou.

Chá de testículo de castor

metodo-contraceptivo-7

Para evitar uma gravidez indesejada, algumas mulheres no passado se viam forçadas a tomar um chá com testículos de castor seco e álcool. Essa mistura supostamente evitaria uma gravidez, mas, o fato é que não existe nenhuma comprovação científica para isso.

Ânus de lebre

metodo-contraceptivo-9

Na idade média, alguns amuletos eram prescritos como método contraceptivo. Um dos amuletos indicados para essa finalidade era uma espécie de coroa de flores feita com ânus de lebre. Bizarro, ou não?


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: