Topo

Conheça as origens secretas de 7 tradições comuns do fim de ano

2.00 / 5 - 2
Comente

O Natal está chegando e com ele chegam também as típicas tradições do fim do ano. Nesse período é possível conferir por toda parte as belas luzes de decoração, árvores de Natal decoradas, meias penduradas, falsas lareira e até falsa neve, tudo para entrar em clima natalino.

No fim das contas, a verdade é que muita gente repete essas tradições apenas por achá-las bonitinha, mas você sabia que muitas delas possuem origem bem inusitada? Se não sabia é hora de aproveitar a época para aprender um pouco mais sobre isso. Confira!

Origens secretas e inusitadas de tradições do final de ano

Meias de natal

Entre os itens de decoração natalina, estão as famosas meias que são penduradas em lareiras, clássico das cenas de filmes natalinos americanos. A ideia hoje em dia é a de que o “Papai Noel” colocaria o presente dentro da meia.

Até onde se sabe, no entanto, a tradição nasceu com as primeiras lendas de São Nicolau. Em uma das versões, São Nicolau tentava ajudar uma família pobre secretamente, jogando ouro em sua casa durante a noite e colocando sua doação dentro de meia.

Cartas ao Papai Noel

A tradição de escrever cartas para o Papai Noel teve início em meados de 1800 e as cartas eram assinadas pelo próprio Papai Noel e escritas pelos pais, destinada para as crianças, sempre cobrando um bom comportamento.

Com essas cartas a mensagem escrita relatava atos de malcriação e dava lições de bom comportamento para crianças, isso era usado como método de disciplina e educação. Com o passar do tempo, as crianças passaram a responder as cartas do Noel ou enviar as próprias mensagens, contando sobre suas boas ações do ano.

Biscoitos natalinos

Outra tradição natalina é marcada pelos pequenos biscoitos em formatos de seres humanos, que são servidos em ceias e sobremesas em boa parte do mundo. Essa tradição teria tido início no século 16, com a Rainha Elizabeth I.

A líder do Reino Unido, teria criado os bonecos para servir a apenas alguns convidados especiais que ganhavam biscoitos que lembravam eles próprios.

Árvore de Natal

As tradicionais árvores de Natal tiveram origem a partir de diversos festivais de inverno em diferentes partes do mundo, que normalmente já usavam os pinheiros e árvores semelhantes.

Reza a lenda que, a primeira vez que uma das árvores foi usada como árvore de Natal foi por volta de 1.000 anos atrás, na Europa. No início da tradição, as plantas era colocadas de cabeça para baixo, penduradas no teto.

Leia também:

Metas de ano novo

As metas de ano novo atualmente, acabaram se tornando algo normal nos rituais de réveillon de muita gente. Essa tradição começou por volta de 4.000 anos atrás, por questões religiosas. Antigamente na Babilônia, as pessoas negociavam favores com os deuses por meios de promessas feitas em cerimônias especiais.

Canções de Natal

Dificilmente você encontrará uma cerimônia completa de Natal que não tenha cantigas tradicionais para celebrar a data. No princípio, no entanto, as músicas faziam parte dos costumes pagãos. Por causa disso, eram proibidos dentro de igrejas e instituições religiosas, o que fez com que a tradição de corais abertos se espalhasse por parte do mundo.

Bebê de ano novo

Observe que sempre na virada do ano, surgem várias ilustrações e materiais de publicidade com a imagem de alguém com idade avançada representando o ano em questão com um bebê que representa o novo ano.

Esse bebê do ano novo teve origem na mitologia grega, com o deus Dionísio, representante da fertilidade e do vinho. De acordo com os gregos, Dionísio renascia novamente a cada ano.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: