Herson Capri

Essa celebridade já foi acessada por 1855 pessoas.

Comente
Nome completo:
Herson Capri
Data de nascimento:
08/11/1952

Biografia

Nascido em Curitiba, Paraná, em 8 de novembro de 1952, Herson Capri Freire começou sua carreira fazendo teatro no Colégio Estadual do Paraná, aos 15 anos de idade. Mais tarde, cursou a faculdade de economia na PUC de São Paulo, mas continuou atuando no teatro.


No ano de 1975, Herson trabalhou na TV Tupi de São Paulo. Na emissora, fez participações nas
novelas "Vila do Arco" e "Tchan! A Grande Sacada". Contratado da Rede Globo desde 1984, o ator curitibano participou de grandes sucessos da emissora, como “Anos Rebeldes”. “Desejos de Mulher”, “Tropicaliente”, “Explode Coração”, “Era uma Vez”, “Tieta”, “Cobras e Lagartos”, “Aquele Beijo”, entre tantos outros trabalhos.


No cinema estreou em 1979 em “O Caçador de Esmeraldas”,e destacou-se também em “O Beijo da Mulher Aranha”, “O Guarani” e “A Partilha”, sob a direção de Daniel Filho.


Em 1999, o ator descobriu que estava com câncer no pulmão esquerdo, mesmo ano em que havia largado o cigarro após fumar por quase três décadas. Uma descoberta realizada por acaso quando se preparava para encenar Jesus Cristo no espetáculo “A Paixão de Cristo” em Nova Jerusalém e iria passar por uma lipoaspiração por estar um pouco acima do peso. Os exames preparatórios detectaram um nódulo no pulmão esquerdo e, em seguida, o ator foi operado. Hoje, completamente curado, Herson Capri vive uma boa fase de sua vida pessoal e profissional.


Vinte e nove anos após a contratação da Rede Globo, é um dos artistas mais conhecidos pelo público pelos papéis de grandes vilões, como na minissérie “Teresa Batista”, em que atuava como o capitão Justo e na novela “Renascer” como o coronel Teodoro. Em 2011, foi indicado ao “Prêmio Extra de TV” na categoria de melhor ator coadjuvante com o papel do vilão Horácio Cortez, em “Insensato Coração”.


Atualmente o artista voltou à telinha interpretando um cineasta bem-sucedido, íntegro e que guarda uma grande frustração, o personagem Plínio Campana na novela “Sangue Bom”, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari.


O artista casou-se três vezes e tem quatro filhos, Laura do primeiro casamento, Pedro da união com a atriz Malu Rocha e um casal do atual casamento com a médica Susana Garcia.








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!