Claudia Abreu

Essa celebridade já foi acessada por 5463 pessoas.

5.00 / 5 - 1
Comente
Nome completo:
Cláudia Abreu Fonseca
Data de nascimento:
12/10/1970

Biografia

Formada em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica (PUC), no Rio de Janeiro, Cláudia Abreu é casada com o cineasta José Henrique Fonseca, com quem tem quatro filhos, Maria (2001), Felipa (2007), José Joaquim (2010) e Pedro Henrique (2011).

Em 1986, fez sua estréia na Rede Globo, ao participar de um episódio do extinto Teletema. O programa nem havia ido ao ar e a atriz já estava escalada para despontar em um dos papéis principais da novela Hipertensão. Na trama, interpretou Luzia, personagem que morria por volta do capítulo 100. Num emendo, integrou o elenco da novela O Outro.

Com o surgimento de tantos trabalhos, foi estudar à noite para completar os estudos. Embora fosse boa aluna, não chegou a prestar vestibular e resolveu voltar aos bancos de escola após os 30 anos, cursando faculdade de Filosofia. A seriedade com que encara a profissão é demonstrada pela decisão de voltar a estudar e pela busca por experiências desafiadoras e bons personagens, sempre interessada na diversificação de papéis, gêneros dramatúrgicos e meios de representação.

Se tornou popular por uma série de papéis marcantes em novelas, minisséries, seriados e especiais da TV Globo. Em 1988, chegou a apresentar o musical Globo de Ouro, substituindo a atriz Isabela Garcia, que acabara de dar à luz. Sua carreira na TV é entremeada por breves interrupções ou participações esporádicas em séries e especiais, períodos em que se dedicou ao teatro, ao cinema e à maternidade.

Em 1989, co-protagonizou o grande sucesso Que Rei Sou Eu?, em que incorporou a princesa Juliette, que dançava lambada e até aparecia de minissaia em pleno século XVIII, mostrando ao público seu lado cômico. Em 1990, viveu uma das personagens mais marcantes de sua carreira, a dançaria Clara, da novela Barriga de Aluguel. Na trama, Clara aceitava alugar o útero para gerar o filho de outra mulher, levantando a discussão sobre quem deveria ficar com a criança, a mãe biológica ou a mãe de aluguel.

Em 1992, integrou o elenco da minissérie Anos Rebeldes, como a jovem militante Heloísa, que de mocinha mimada e rica, entra para a luta armada e combate o golpe militar de 1964. Sua atuação na minissérie lhe rendeu o prêmio de melhor atriz pela Associação Paulista dos Críticos de Arte.

Em 2008, recusou novo convite, desta vez para protagonizar Beleza Pura. Seu trabalho seguinte foi Três Irmãs, onde interpretava Dora, uma perua levemente fútil, mas de bem com a vida.

Em 2012, interpretou a cantora tecnobrega Chayene, uma vilã cômica, na novela Cheias de Charme.4 A atriz fez aulas de canto para dispensar dublagem, além de ser organizar para cuidar dos filhos, pois interrompeu a licença-maternidade








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!