Cesar Troncoso

Essa celebridade já foi acessada por 3182 pessoas.

Comente
Nome completo:
Cesar Troncoso
Data de nascimento:
05/04/1963

Biografia

César Troncoso nasceu em 5 de abril de 1963, em Montevidéu, Uruguai.


Sua estreia no cinema aconteceu em “El viaje hacia el mar” (2003), e o ator já tinha 40 anos de idade. Assim como no Brasil, o cinema uruguaio está renascendo de uns tempos para cá e, por isso, sua estreia na telona não aconteceu antes.


O ator participou dos filmes: “Em teu nome” em 2009 e “Cabeça a prêmio” do mesmo ano.


César Troncoso estava no segundo ano da faculdade de medicina quando decidiu dar uma virada em sua vida, largou a faculdade e se divorciou aos 25 anos, começou a ter aulas de teatro num grupo uruguaio chamado Teatro Uno.


Em Faroeste Caboclo, filme de René Sampaio, que tem como roteiro a letra da música composta por Renato Russo, para a Legião Urbana, César interpreta o vilão Pablo, ‘um peruano que vivia na Bolívia e muitas coisas trazia de lá’.


César Troncoso estava filmando Hoje em São Paulo, quando recebeu o convite para atuar em mais um filme brasileiro.


Por sua atuação em Hoje, César ganhou o troféu Candango de melhor filme no Festival de Brasília de 2011, No filme, Troncoso interpretou o ex-companheiro de luta armada de Vera (Denise Fraga). Esse foi o primeiro personagem a falar completamente em Português. Luis, um uruguaio desaparecido durante a ditadura brasileira, é um dos melhores trabalhos que ele fez. O filme também levanta uma questão interessante. A viúva recebe um subsídio do Estado para o desaparecimento de seu marido e investe na compra de um apartamento. O significado de aceitar essa quantidade de dinheiro é constantemente questionado por Luis, que aparece como um fantasma na nova casa com sua esposa.


Até 2013 César Troncoso era praticamente um anônimo para o grande público brasileiro, mas em 2013 esse quadro vira graças a sua participação em Faroeste Caboclo e na novela das 18 horas da TV Globo, Flor do Caribe, onde interpreta o mafioso Dom Rafael. Com um disfarce de fazendeiro rico do caribe, chefia a distribuição ilegal de pedras preciosas e ouro para Europa, Oriente Médio e Ásia. Como um típico mafioso de Hollywood, Dom Rafael é um marido autoritário e pai dedicado, alia alta periculosidade a um amor e cuidado pela família.


Até 2014, o ator que conquistou crítica e público com sua competência, será visto em mais três filmes: “Muitos homens num só”, de Mini Kerti; “O tempo e o vento”, de Jayme Monjardim e “A oeste do fim do mundo”, de Paulo Nascimento.


A oportunidade de trabalhar com artistas brasileiros em novelas também é sempre bem-vinda.








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!