Carlos Riccelli

Essa celebridade já foi acessada por 3959 pessoas.

Comente
Nome completo:
Carlos Riccelli
Significado do nome:
Significa homem e indica uma pessoa que nunca deixa uma oportunidade passar em branco por estar desatento ou por ter medo de riscos.

Biografia

Carlos Alberto Riccelli nasceu em 3 de julho de 1946 e começou a atuar no teatro com aproximadamente 20 anos. Logo se interessou pela direção de produções, tendo alcançado grande sucesso em ambas as carreiras.


Depois de participar em várias peças e novelas, como “Éramos Seis”, a partir de 1969, o ator conseguiu finalmente o reconhecimento profissional com sua atuação do índio Aritana, personagem que dava nome ao folhetim de 1978, produzido pela extinta TV Tupi.


O sucesso em Aritana valeu a Carlos Riccelli outros papéis de grande destaque na teledramaturgia brasileira, principalmente em novelas e seriados da Globo. Entre as suas principais atuações, constam Rudy, de “Sétimo sentido” (1982), Márcio, de “Louco Amor” (1983), Nô, de “Riacho Doce” (1990), e João Batista, de “Chiquinha Gonzaga” (1999).


Porém o papel mais marcante de Riccelli foi como César Ribeiro, de “Vale tudo”, que é considerada uma de suas melhores atuações na TV. Na novela de 1988, Riccelli atuou ao lado de Glória Pires, a vilã Maria de Fátima, com quem fazia par. Curiosamente, os dois foram escalados para atuar juntos novamente em 2012. A Rede Globo escolheu o casal para fazer uma participação especial em alguns capítulos do remake da novela “Guerra dos Sexos”.


O ator vive atualmente em Los Angeles com sua esposa, a atriz e poetisa Bruna Lombardi, e o filho, Kim. Nos últimos anos, o casal vem-se dedicando à sua produtora independente, lançando trabalhos dirigidos por Riccelli e que têm Bruna como uma das protagonistas. É o caso do recente “Stress, Orgams and Salvation”, que traz o roteiro assinado por ambos.


Ao todo, foram 19 atuações na TV, entre novelas e seriados, 12 peças de teatro e 12 filmes, como os consagrados “Eles não usam black-tie”, “Ele, o boto” e o “Signo da Cidade”, que marcou sua estreia na direção.








Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!