Topo

8 coisas que todo corredor iniciante precisa saber

Comente

A corrida é uma das atividades físicas mais populares entre aqueles que desejam manter a forma e a boa saúde. Apesar disso, porém, o começo pode ser mais árduo do que muitos imaginam, especialmente se não observados alguns cuidados básicos.

Mas independente disso, é importante que o corredor iniciante tenha noção de que alguns "problemas" são recorrentes entre quem está começando a correr. A seguir você confere uma lista que ilustra bem isso. Confira!

Coisas que você precisa saber caso esteja pensando em começar correr

8 coisas que todo corredor iniciante precisa saber

Dor quase insuportável ao lado da coluna

Lembra das aulas de educação física quando uma dorzinha incômoda aparecia na altura da costela e costumava gerar um enorme desconforto? Pois é, quem está começando a correr logo descobre que ela não era nada se comparada à dor que surge com uma sequência extensa de corrida.

Veja também:

O pior de tudo é que ela pode aparecer de maneira inesperada, quando tudo parece fluir bem na corrida. Isso acontece porque no início pode ser difícil controlar a respiração, o que causa o desconforto. O problema só tende a se dissipar quando a respiração volta ao normal.

Dores musculares

Além da dorzinha que pode surgir na região próxima à barriga e na altura da costela, as dores musculares também tendem a gerar muito incômodo em quem está começando a correr. O corredor iniciante descobre que pode sentir dor em muitos músculos que nem sabia que existia.

Outro problema recorrente entre quem está começando a correr é a "canelite", uma espécie de inflamação na canela. Esse tipo de incômodo surge quando o atleta tenta forçar uma sequência além do que o corpo está preparado. Com o tempo, o problema tende a desaparecer, mas se persistir, recomenda-se uma consulta com um especialista.

Sabotagem mental

Milhares de anos se passaram e a mente humana continua um mistério para a própria humanidade. O que se sabe é que ela por vezes pode sabotar uma rotina, inclusive a de um corredor iniciante.

Durante uma longa jornada sempre surge aquela sensação de que não vai conseguir terminar a rotina de exercícios, e é aí que a mente tenta forçar um desejo de interromper a sequência. É preciso persistência para conseguir superar esses momentos.

1 minuto pode ser muito tempo

O corredor iniciante rapidamente também pode descobrir que um minuto pode ser um longo espaço de tempo, dependendo do tempo previsto para a jornada de corrida. Isso porque durante as primeiras corridas o tempo parece não passar, de modo que o cansaço tende a chegar logo nos primeiros instantes.

Uma mínima subida parece uma montanha

Quem vai começar a correr também precisa saber que uma mínima subidinha vai parecer a escalação do Everest, tamanho desgaste físico no início das atividades. A dúvida que surge nesse momento é: será que vale a pena mudar a trajetória?

A resposta mais simples é não, ao menos não por isso, até porque as subidas também vão se tornar menos desafiadoras com o passar do tempo.

Sensação de ser o centro das atenções

Correr na rua é algo que pode ser bem interessante, afinal, a monotonia e a rotina tendem a ser disfarçadas. Isso porque, a cada dia novas aventuras podem se desenhar diante dos olhos do corredor iniciante, seja no trânsito ou nos estabelecimentos e residências próximas à rua. Isso não significa, porém, que não existam também alguns pontos negativos nisso.

Um incômodo que costuma ser recorrente especialmente entre os corredores iniciantes, por exemplo, é a sensação de que as pessoas ao redor estão todas observando as atividades. Isso pode gerar vergonha e certo desconforto, mas com o tempo essas sensações também serão dribladas.

Falta pique

O corredor iniciante não pode em hipótese alguma se desanimar nos primeiros dias, mas é fato que nem sempre haverá pique para manter o ritmo inicial. Nesse momento, é preciso recorrer novamente à persistência, por mais ingrata que seja a missão. A dica é respeitar os limites do corpo e tentar dar o máximo de si para não desanimar.

A aparência do tênis não é tudo

Outra coisa que o corredor iniciante precisa saber é que a aparência do tênis não é tudo na corrida. Por mais que um modelo possa ser atraente no que diz respeito à estética, será inútil se não for funcional.

Geralmente é importante procurar por modelos que ajudam na absorção do impacto durante a corrida e também proporcione conforto para a atividade. Mas uma dica muito válida é recorrer se possível a um profissional para que ele possa orientar quanto à escolha do tênis.


Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!


Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: