8 dicas simples para economizar dinheiro evitando desperdício na cozinha

Comente

A crise financeira ainda é uma realidade no Brasil, por isso mesmo, muita gente tem se preocupado em poupar tanto dinheiro quanto possível em relação a praticamente todas as despesas da casa, o que inclui, naturalmente, aquelas relacionadas a compra de alimentos. Diante disso, uma boa maneira de economizar na cozinha, é evitando desperdícios. E é justamente nesse sentido que vão as dicas que postamos a seguir.

Como cortar gastos com alimentos evitando desperdícios

Como cortar gastos com alimentos evitando desperdícios

Comprar em menor quantidade

Isso parece óbvio, mas é sempre bom ressaltar. Deixar a geladeira e a despensa sempre lotadas de alimentos, é algo que pode até te dar a sensação de que está preparada para qualquer situação, mas, na prática a coisa só vai gerar desperdício.

Muitos acreditam que comprar por atacado é vantajoso pela economia, no entanto, a verdade é que na maioria das vezes, uma família pequena acaba desperdiçando alimentos por ter comprado em excesso. O ideal é comprar alimentos, especialmente os perecíveis, pensando em quatro a cinco dias no máximo. A compra mensal pode se uma ilusão.

Planejar o cardápio da semana

Planejar o cardápio da semana com antecedência pode lhe poupar muita dor de cabeça e estresse. Isso porque, com um plano em mente, você saberá exatamente o que fazer com as sobras, que aliás, podem ser úteis para o prato do dia seguinte. Além disso, essa prática é importante porque ao planejar o cardápio da semana, você saberá exatamente o que comprar no mercado e qual é a quantidade certa.

Leia também:

Dividir sua lista entre itens a comprar e não comprar

Procure ter a lista de compras sempre por perto, seja do modo tradicional escrevendo no papel ou no celular. Sempre que acabar um ingrediente em sua cozinha adicione a lista do que comprar, mas também fique atenta ao que já tem em sua cozinha e adicione esse item na lista do que não comprar. Assim você eita comprar alimentos que já tem em casa.

Guarde a lista de compra

Não jogue fora a sua lista de compras depois de ir ao mercado, guarde-a com você, assim saberá exatamente os ingredientes que possui em casa na hora de planejar os pratos.

Sobras de alimentos

Após o jantar, procure armazenar as sobras dos alimentos em potes com tampa, dessa forma poderá reaproveitá-los no almoço do dia seguinte. Uma dica para manter o sabor dos alimentos é armazenar cenoura, cebola e ervas no congelador. Se não comer no dia seguinte, esses itens podem ser usados posteriormente em preparos de caldo de legumes.

Alimentos secos

Para evitar desperdícios o ideal é armazenar alimentos secos em recipientes herméticos, evitando que eles entrem em contato com a umidade. Apesar disso, a farinha de trigo integral e o arroz integral devem ser armazenados na geladeira.

Alimentos frescos

Alguns alimentos duram mais tempo quando são refrigerados, a lista de exemplos inclui laranja, uva, maçã e morangos, que devem ser armazenados na geladeira. Diferente do abacate, melão e pêssegos.

Agora, carnes, aves, frutos do mar e lácteos também devem ser refrigerados, da mesma forma que verduras, feijão verde e ervilhas.

Molhos, especiarias e óleos

Molhos como maionese, mostarda e ketchup devem ser armazenados na geladeira depois de abertos. Já no caso de óleos e especiarias, a maioria pode ser armazenada em local seco e escuro, dessa forma eles duram mais tempo.



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!