Sérgio diz a Sônia que não consegue acreditar que está vivendo essa loucura. - Resumo Ribeirão do Tempo

Capítulo de 18/07/2017

Comente

Ajuricaba diz aos poucos convidados que ainda estão na sua festa que o problema da polícia é a falta de condições. Ajuricaba obriga Sérgio a beijar Sônia na sua frente.

Ele dá um selinho nela e consegue ir embora. Guilherme e Diana se divertem no computador, quando Arminda chega e dá uma bronca na estudante.

Nicolau e Karina se encontram e se beijam. Tito conta a Newton, Clorís, Virgílio e Iara que o empréstimo vai estar disponível no dia seguinte.

Virgílio tenta disfarçar a frustração. Arminda fica irritada ao ver Diana tomando suco na sala, enquanto ela a esperava para conversar.

Diana deixa Arminda falando sozinha e, sarcástica, diz que tem tarefas para cumprir. Arminda deixa claro para Diana que ela está de castigo e que Elza vai levá-la e buscá-la no colégio.

Sérgio conta a André que foi obrigado a beijar Sônia. Ajuricaba diz a Virgínia que vai descobrir o que há de errado no namoro de Sônia e Sérgio.

Nicolau e Karina transam no motel. Karina diz a Nicolau que o casamento de Tito e Filomena vai ficar abalado se uma matéria sobre o golpe do baú sair no jornal.

Querêncio diz a Filomena que não vai desenhar os convites, pois não concorda com o casamento. Filomena vai embora triste.

Joca revela a Arminda que tudo indica que quem tentou matá-lo foi o professor Flores. Joca afirma que sabe o que vai fazer e beija Arminda.

Diana liga para Guilherme e ele diz que ela tem que obedecer Arminda. Léia chega em casa, vê Arminda e as duas trocam farpas.

Iara afirma a Virgílio que precisa de dinheiro para pagar a parcela da casa que comprou para a mãe. Ele afirma que também se ferrou com o casamento de Tito e ameaça bater nela.

Joca vai até a casa de Mário, um antigo amigo que mora na favela.






Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!