Teixeira conta a Querêncio que como não tinha pistas sobre o filho desaparecido de Madame Durrel, armou a operação que ficou conhecida como “caça-cuecas”. - Resumo Ribeirão do Tempo

Capítulo de 22/05/2017

Comente

Arminda explica a Filó que ela e o pai precisam estar a par das decisões que vão ser tomadas a partir de agora. Ari conta a Virgínia que Querêncio o pegou pelo colarinho.

Virgínia fala para o prefeito que uma figura pública não tem que frequentar boates. Ari diz a sua secretária que vai dar parte de Querêncio à polícia.

Carlos tenta conversar com Guilherme, que não dá atenção ao amigo. Alguns colegas da escola olham para Carlos e fazem comentários.

Marta pergunta a Ellen se ela quer mesmo visitar Newton. Convicta, Ellen diz que se esconder num momento desses só vai levantar mais suspeitas.

Newton fica muito feliz ao ver Ellen na cadeia. Iara pergunta a Virgílio o que Nicolau tem a ver com a armação dele.

Virgílio hesita, mas revela que o senador quer comprar as terras e a pousada de Tito, por isso provocou o acidente. Ellen e Newton se declaram um para o outro e prometem superar as dificuldades juntos.

Querêncio e Filomena concordam em contar a todos que são herdeiros da fortuna de Madame Durrel. Ari fala para Ajuricaba que faz questão de registrar queixa contra Querêncio.

Arminda, Bruno e Teixeira fazem a lista de convidados para a reunião. O pintor faz questão de convidar alguns amigos.

A sós com Filomena, Querêncio diz à filha que eles estão podres de rico. Filomena afirma que eles têm que manter os pés no chão.

André fica revoltado ao saber que o senador agora é sócio do pai. Nicolau conta a Nasinho que tem grandes planos para a nova Folha da Corredeira.

Lincon comunica à redação que agora Nicolau é seu sócio. Há uma consternação geral no jornal.

Carmem, revoltada, fala para Lincon que não precisa da “nova Folha”. Ajuricaba diz a Querêncio que se ele não for prestar depoimento na delegacia vai ser preso.

Querêncio fica irritado com a injustiça e diz que não vai comparecer.






Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!