Teixeira e Arminda estranham a paciência que Eleonora está tendo com Querêncio. - Resumo Ribeirão do Tempo

Capítulo de 26/04/2017

Comente

Querêncio fala para Romeu e para Sancha que vai terminar o quadro, pois não vai jogar fora todo o tempo que dedicou a ele. Virgílio agride Iara, que fica perturbada.

Iara regulariza os documentos do avião. Virgílio deixa claro para a aventureira que se ela resolver cair fora ele conta todas as falcatruas dela para Tito e Clorís.

Iara e Virgílio transam. Beatriz fala para Nicolau que Arminda é uma das poucas mulheres que o merecem.

Lílian escuta e sente-se humilhada. Beatriz garante a Larissa que vai cuidar do jantar e, portanto, não vai ser preciso contratar um bufê.

Lílian fala para Nicolau que ele não pode humilhá-la. Ele a agarra e ela acaba correspondendo.

Arminda convence Eleonora a aceitar o convite de Beatriz e Nicolau. O carro de Arminda para e Joca entra.

Joca tenta beijar Arminda, mas ela reage de forma seca, como sempre. Diana abraça Arminda, que corresponde emocionada.

Diana pede para Arminda ficar com ela. Joca fala para Diana que Arminda vai pensar e entrega bombons para ela.

Ajuricaba quase vê Sônia e André juntos. Ajuricaba conta a Marta que ficou intrigado com o artigo do professor que foi publicado na Folha da Corredeira.

Teixeira diz a Eleonora que a audiência pública sobre o resort foi marcada. A madame revela ao advogado que não consegue explicar como aguenta Querêncio.

Querêncio bebe cachaça no Já Era. O pintor diz a Eleonora que se ela não permitir que ele termine de pintar o quadro ele vai até a praça e diz ao povo ribeirense que ela chamou todos da cidade de infelizes.

Querêncio bebe enquanto pinta. Arminda manda Joca dirigir o carro dela e levá-la a um motel.

Arminda se entrega a Joca e assume que o quer. André diz a Sônia que vai visitá-la no horário em que os pais dela estão trabalhando.

Arminda deixa claro para Joca que entre eles só existe sexo. Joca explica a Arminda que ela tem como cuidar de Diana.

Querêncio tenta não perder a paciência diante das provocações de Eleonora. André e Sônia transam no quarto dela.

Virgínia comenta com Ajuricaba que Sônia ligou querendo saber a hora que ela ia sair do trabalho. O delegado fica desconfiado e resolve ir até a casa deles conferir.

Virgílio e Nasinho marcam um encontro para conversar. Ajuricaba entra em casa gritando.

Sônia e André ficam desesperados. André sai pela janela com apenas um pé calçado.

Sônia abre a porta para o pai enrolada num lençol. Ajuricaba pega o tênis de André e sacode na cara de Sônia, que fica em pânico.


Outros capítulos de "Ribeirão do Tempo"


Veja todos os capítulos

Veja o que passou em "Ribeirão do Tempo"


Veja mais capítulos


    Comentários (0) Postar um Comentário

    Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!