Topo

8 dicas para não criar intrigas por causa de dinheiro no relacionamento

Comente

De acordo com um estudo recente realizado pela Associação Brasileira de Educadores Financeiros (Abefin) muitos casais brasileiros não têm uma noção exata do ganho do parceiro. A estimativa foi a de que 35% dos casais brasileiros não fazem ideia do quanto o parceiro ganha.

E de acordo com especialistas, a falta de conhecimento do valor que o parceiro ganha ou do que é gasto com a renda, pode gerar brigas e desconfianças, trazendo ainda o risco de um grande problema relacionado a dinheiro no futuro.

Para que uma relação seja bem-sucedida é importante que haja diálogo, principalmente sobre dinheiro. Dito isso, o ideal para que não haja brigas e desconfianças, é cada um expor a sua renda ao parceiro, unir o rendimento e assim criar um orçamento familiar, onde serão incluídos os sonhos e objetivos da família.

Veja também:

Além disso, é muito importante também que o casal estabeleça um critério a ser seguido em conjunto, como por exemplo, um cronograma de quem irá pagar o que nos gastos de casa. Isso certamente vai fazer uma grande diferença no orçamento doméstico e no relacionamento, mas pode não ser o suficiente. Nesse caso, existem outras dicas válidas que devem ser consideradas. A seguir você confere uma lista. Veja!

Coisas importantes para evitar brigas por causa de dinheiro no relacionamento

8 dicas para não criar intrigas por causa de dinheiro no relacionamento

Diálogo

Como dito inicialmente, é importante que o casal converse sobre o dinheiro e sobre o que deve ser gasto e poupado para o futuro, evitando, porém, conversar sobre isso em momentos de tensão. O ideal é tornar o diálogo fácil, evitando assim eventuais conflitos.

Metas

O ideal é que o casal sente e planeje tudo a curto, médio e longo prazo, todas as realizações pretendidas. Mas não se esqueça que também devem desenvolver objetivos coletivos e individuais para que ambos se sintam satisfeitos e confortáveis.

Padrão de vida

Um dos grandes problemas dos casais é em relação ao padrão de vida que ambos desejam levar sem saber do real valor que cada um ganha. Por isso é importante ter conhecimento do orçamento familiar, saber exatamente os valores ganhos e assim planejar os gastos de acordo com o padrão de vida permitido pelo orçamento.

Estilo de vida

Não se esqueça que cada um possui um estilo de vida, por isso é importante que o casal encontre um meio termo para viver bem. Após sentar e estabelecer o estilo de vida de cada um e as diretrizes para que um possa se ajustar ao outro, as brigas sobre esse assunto tendem a deixar de existir, tornando a vida do casal mais leve.

Renda única

Quando apenas um dos parceiros trabalha fora é importante que ambos tenham uma preocupação com a vida financeira a longo prazo. Por exemplo, no caso das aposentadorias, talvez seja importante ter uma previdência privada.

Filhos

Caso o casal tenha filhos, é necessário incluí-los na conversa sobre dinheiro. Além disso, é importante o casal chegar em um acordo sobre a educação financeira dos filhos.

Falhas

Outra coisa que se deve ter em mente é que uma hora ou outra alguém irá cometer um erro em relação ao dinheiro. Mesmo que haja uma tensão inicial é importante ter calma e analisar os gastos. Após se acalmar tente ver onde houve o erro e como poderão consertar para que não falte dinheiro futuramente.

Crise

Caso o casal esteja enfrentando uma crise financeira, o ideal é que façam de tudo para não se afastarem um do outro, buscando consolo e ajuda para se reerguerem.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!

Oi, Bem-vindo!

Acesse agora, navegue e crie sua listas de favoritos.

Entrar com facebook Criar uma conta gratuita 
Já tem uma conta? Acesse agora: