5 erros comuns de quem pretende começar um novo relacionamento

Comente

Você certamente já ouviu alguém dizer que “só um amor cura a dor de outro”, certo? Pois bem, isso acontece porque muita gente acredita que isso realmente possa ser verdade.

Diante disso, após uma separação dolorosa de um longo relacionamento, algumas pessoas preferem dar início a uma nova relação em vez de curtir um pouco o luto da perda até estar finalmente aberto a um novo recomeço.

De acordo com especialistas, pode até ser possível curar a dor de um amor com um novo amor, porém é importante que a pessoa esteja aberta a um novo relacionamento e possa dar uma nova chance ao amor.

Um erro gravíssimo, no entanto, é buscar essa cura em um amor casual, quando ainda restam feridas abertas da relação anterior. Isso demanda alguns cuidados, e esse nem é o único erro cometido por quem procura um novo relacionamento. A seguir você confere uma lista que exemplifica bem isso e ao mesmo tempo serve de conselhos a quem quer evitar erros do tipo.

Alguns dos maiores erros no início de um relacionamento

Ir com pressa

Nada mais normal que duas pessoas se encontrarem e rolar aquele clima de romance, certo? O detalhe, porém, é que mesmo que logo após a primeira noite os envolvidos desconfiem que nasceram um para o outro, é melhor não apressar muito as coisas.

Por mais que uma pessoa tenha aquela sensação de que o novo parceiro é de fato a pessoa certa, a verdade é que o melhor a fazer é curtir o momento e deixar as coisas evoluírem aos poucos. A falta de tempo para conhecer o parceiro a fundo pode resultar em decisões precipitadas.

Ir devagar demais

Após o casal se conhecer um pouco mais e estabelecer quais são seus interesses sobre a relação, é hora de dar um passo a mais e avançar na interação física e emocional. Se isso não ocorrer, é possível que haja uma desmotivação de ambos os lados, o que gera a perda de interesse e o consequente fim na relação.

Leia também:

Não ter tempo para estarem juntos

Com a correria do dia a dia, a maioria das pessoas passou a ter menos tempo para coisas simples do dia a dia, como por exemplo, curtir a companhia do parceiro.

Para que a relação possa dar certo, no entanto, é necessário ter cuidado constante com isso. O ideal é passar momentos especais com o parceiro, seja vendo um filme em casa ou em um jantar em um restaurante novo, a ideia é fazer com que o parceiro se sinta especial ao e importante.

Pensar que tudo está feito

Outro erro é esquecer de como era o início da relação, como havia dedicação para surpreender o parceiro, como foi a sensação do primeiro beijo, e outras coisas do tipo.

Isso é um perigo porque leva ao pensamento inconsciente de que tudo já está feito, ou seja, cada um já tem o que precisa na relação, algo que por consequência leva à rotina, que por sua vez pode comprometer a relação.

Não ter uma vida fora do casal

Outra coisa que se mostra um erro, é esquecer-se de si mesmo. E não estamos falando aqui que ninguém precisa ser egoísta, não é isso. A ideia é não esquecer que mesmo estando em uma relação é importante ter espaço e liberdade para fazer coisas sozinhas, sem necessariamente contar com a ajuda ou companhia do parceiro a todo momento.

Abrir mão de amigos, hobbies e interesses por estar em uma relação, pode deixar uma pessoa sufocada posteriormente. Sem contar que se a relação chegar ao fim será bem difícil reconquistar as amizades.




Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!