Publicidade

Cantigas de Roda

Cantigas de Roda

As tradicionais e divertidas cantigas de roda agora podem ser encontradas em um único espaço!
Colocamos para você, letras de diversas cantigas para você aprender e brincar com os amigos, em casa ou na escola. Você pode ainda colocar aquele seu cd e acompanhar a música pelo nosso site o que torna a atividade ainda mais divertida.
Basta escolher a música, abrir a letra e começar a cantar. Se você quiser, ainda pode compartilhar com todos os seus amigos nas mais famosas redes sociais do mundo! O que acha? Escolha já sua canção e vamos brincar de roda!

Encontrados 11 itens. 

Mais sobre Cantigas de Roda

As cantigas de roda que fazem parte do folclore brasileiro têm origem em países europeus, como Espanha, França e Portugal. Elas surgiram possivelmente da transmissão oral das músicas populares entre familiares em épocas antigas, em que os meios de comunicação de massa, como o rádio, eram inexistentes.

Geralmente, essas cantigas abordam a realidade daquela região usando episódios fictícios e histórias engraçadas. Uma das características dessas cantigas é que elas funcionam como instrumento pedagógico e, por isso, muitos pais e professores as utilizam no processo educativo de crianças no jardim da infância e nas primeiras séries escolares.
Um exemplo de uso didático é que essas cantigas possuem diferentes ritmos e rimas, que promovem a iniciação das crianças na arte musical e auxiliam no aperfeiçoamento da linguagem oral. Além da iniciação na música, inúmeras cantigas de roda contam com coreografias que levam a criança a se movimentar, o que ajuda os pequeninos a desenvolver a coordenação motora.
Já cantigas como “Escravos de Jó” e “Ciranda Cirandinha” trazem o elemento lúdico, pois permitem que os coleguinhas participem de uma sadia brincadeira que enfatiza o divertimento coletivo em vez da competição. Outras cantigas como “Terezinha de Jesus” e “Capelinha de Melão” introduzem a garotada na cultura religiosa ao apresentar personagens bíblicos e santos da Igreja Católica.
Há ainda as cantigas que abordam o ambiente natural, como é o caso de “Caranguejo” e “Peixe Vivo”, as quais mostram determinadas características de certos animais e, em alguns casos, criam uma metáfora que as relacionam com os humanos e estimulam a criança a pensar sobre valores.

Por certo, cantigas de roda como “O Cravo e a Rosa” e “Fui ao Mercado” preparam a garotada para questões de relacionamentos e de obrigações cotidianas que permeiam o mundo dos jovens e adultos do qual elas farão parte. Além dessas vantagens, ao decorar as letras e ritmos dessas canções, as crianças ativam a memória e a concentração ao mesmo tempo.
Apesar dessa ajuda na questão pedagógica, há educadores que atentam para o fato de que algumas cantigas de roda, como “Atirei o Pau no Gato” e “Pai Francisco”, têm letras que, dependendo da forma como forem passadas, podem motivar a violência. Por isso, algumas letras sofreram modificações com o passar do tempo a fim de mostrar que as atitudes retratadas nessas músicas não são positivas e resultam em punição, confirmando ainda mais a contribuição das cantigas na educação infantil.


Comentários (0) + Postar comentário


Nenhum comentário postado. Seja o primeiro a comentar!