Pato Donald – Conheça a História deste Desenho Animado

2/ 5 - 4
Comente

Desenho do Pato Donalddesenho do Pato Donald, conhecido em inglês como Donald Duck, é um personagem de desenhos animados criado pela Walt Disney em 1934. É sempre caracterizado por penas brancas, pernas e bico de cor laranja e roupas de marinheiro, já que todos os personagens deveriam usar vestimentas nesta época.

Extremamente famoso, Pato Donald fez cerca de 200 filmes, ganhando inclusive um Oscar por A Face do Führer, além de 11 indicações; milhares de tiras em jornais e revistas em quadrinhos e diversos produtos relacionados à sua imagem, conquistando as crianças e até mesmo os adultos.

A estréia do famoso pato aconteceu no filme baseado na fábula de Esopo, A Galinha Sábia (The Wise Little Hen), da série Sinfônas Tolas. No entanto, os esboços do que viria a ser o Pato Donald já havia sido feito três anos antes, em 1931 por Ferdinand Hustzi Horvath. Após sua formação, um vocal marcante era necessário para que a obra dos estúdios Walt Disney estivesse pronta. Clarence Nash, um entregador de leite e grande imitador de animais, agradou Walt Disney com sua típica voz e foi o dublador oficial do personagem até 1986, ano em que faleceu.

A partir disto, Donald passou a fazer aparições ao lado de Mickey e de outros integrantes da Disney como Pateta e Pluto. Em 1987, o personagem ganha uma série própria que contava com a presença de Margarida, sua namorada. Um ano depois, seus sobrinhos Huguinho, Zezinho e Luisinho seriam lançados em um episódio de nome Sobrinhos de Donald.

O primeiro gibi preto e branco do pato surgiu na década de 30. A Itália (grande fornecedora de histórias do personagem) e a França foram locais em que o personagem ganhou grande repercussão, não interrompendo a tiragem de suas histórias nem mesmo no período da Segunda Guerra Mundial. Uma curiosidade, inclusive, é que há quem diga que o ditador italiano Mussolini era fã dos quadrinhos do Walt Disney. Durante esta época, os desenhos de Donald mudaram totalmente seu estilo e passaram a criticar o Nazismo, como é visto em A Face do Führer e O Espírito de 1943.

A história de Donald não seria conhecida como é atualmente sem Carl Barks, roteirista, desenhista e arte-finalista, que adicionou diversas características ao personagem.
Durante todos estes anos, o pato famoso por sua teimosia, já fez parte de diversos filmes como os longas no Brasil Alô Amigos (1943) e Você Já Foi á Bahia? (1945). Além disso, participou também de O Dragão Relutante (1941), Tempo de Melodia (1948),  Donald’s Happy Birthday (1999) e centenas de outros títulos.

Dono de um grande sucesso, aparentemente, o fato de ter nascido em uma sexta-feira 13, morar em uma casa de mesmo número, ter uma placa de carro 313 e ser um dos personagens mais rabugentos dos quadrinhos, parece ter dado ao personagem sorte ao invés do contrário. Inclusive, a grandiosidade do Pato Donald supera até mesmo as barreiras do tempo.


Notícias relacionadas



Comentários (0) Postar um Comentário

Nenhum comentário encontrado. Seja o primeiro!